Guia Log

Natureba

MARCOS VERLANGIERI
Consultor em Logística
Especialista em projetos de Gestão de Materiais /  PDM - Padrão de Descrição de Materiais

PDM

                            DICIONÁRIO DA LOGÍSTICA        
                         

EADI - Estação Aduaneira Interior.
EAI - Enterprise Application Integration, que faz a integração de sistemas internos.
EAP - Estrutura Analítica de Projetos.
EAV - Engenharia e Análise do Valor.
ECR - Efficient Consumer Response ou Resposta Eficiente ao Consumidor.
EDI - Electronic Data Interchange ou Intercâmbio Eletrônico de Dados.
ELQ
- Economic Logistic Quantity ou Quantidade Logística Econômica. É a quantidade que minimiza o custo logístico.
Embalagem ou Package - Envoltório apropriado, aplicado diretamente ao produto para sua proteção e preservação até o consumo/utilização final.
Empilhadeira ou Fork Lift Truck - Equipamento utilizado com a finalidade de empilhar e mover cargas em diversos ambientes.
Empowerment - Dar poder ao grupo/equipe ou estabelecimento de autonomia e responsabilidade às pessoas na tomada de decisões e ações.
Ending Inventory - Inventário Final.
Endomarketing - Marketing interno realizado por meio de um conjunto de ações desenvolvidas para conscientizar, informar  e motivar o indivíduo.
EOM - Electric Overhead Monorail ou Monotrole Aéreo Eletrificado.
EOQ - Economic Order Quantity ou Lote Econômico.
EPI - Equipamento de Proteção Individual.
Ergonomia - Ciência que estuda a adaptação do ambiente às medidas do corpo humano, considerando assim a interação perfeita entre os funcionários e o ambiente de trabalho, como luz, calor, ruídos, odores e os equipamentos e ferramentas utilizados.
ERP - Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos do Negócio.
Estampado
- Termo utilizado em Produção, são peças feitas, geralmente de chapas, que sofrem a pressão (impacto) de uma prensa, ficando definidas suas formas, de acordo com o molde da ferramenta utilizada.
Estibordo - Lado direito do navio.
Estivador - Empregado das Docas que trabalha na carga e decarga dos navios.
Estoque - É a parte da logística responsável pela guarda de produtos e uma das atividades da armazenagem. Geralmente este termo é utilizado para produtos acabados. Pode ter uma variação de tipo de local físico, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo, local coberto, local descoberto, local com temperatura controlada, etc. Pode ter variação de tipo de estocagem, conforme característica e necessidade do produto, como por exemplo prateleira, gaveta, cantilever, baia, etc.
Estoque de Proteção ou Hedge Inventory - É feito quando excepcionalmente está previsto um acontecimento que pode colocar em risco o abastecimento normal de estoque e gerar uma quebra na produção e/ou vendas. Normalmente são greves, problemas de novas legislações, período de negociação de nova tabela de preços, etc.
Estoque de Segurança ou Safety Stock - Quantidade mantida em estoque para suprir nas ocasiões em que a demanda é maior do que a esperada e/ou quando a oferta para repor estoque ou de matéria-prima para fabricá-la é menor do que a esperada e/ou quando o tempo de ressuprimento é maior que o esperado e/ou quando houver erros de controle de estoque que levam o sistema de controle a indicar mais material do que a existência efetiva.
Estoque em trânsito - Refere-se ao tempo no qual as mercadorias permanecem nos veículos de transporte durante sua entrega.
Estoque Inativo ou desuso - Refere-se a itens que estão obsoletos ou não são mais usados na empresa. Normalmente não tiveram saída nos últimos tempos e por isto devem ser separados fisicamente em outra área para providências de venda, transferência, etc. Este tempo pode variar, conforme determinação do próprio administrador do estoque.
Estoque Máximo - Refere-se a quantidade determinada previamente para que ocorra o acionamento da parada de novos pedidos, por motivos de espaço ou financeiro.
Estoque Médio - Refere-se a quantidade determinada previamente, que considera a metade do lote normal mais o estoque de segurança.
Estoque Mínimo - Refere-se a quantidade determinada previamente para que ocorra o acionamento da solicitação do pedido de compra. Às vezes é confundido com "Estoque de Segurança". Também denominado "Ponto de Ressuprimento".

Estoque Pulmão - Refere-se a quantidade determinada previamente e de forma estratégica, que ainda não foi processada. Pode ser de matéria-prima ou de produtos semi-acabados.
Estoque Regulador - É normalmente utilizado em empresas com várias unidades/filiais, onde uma das unidades tem um estoque maior para suprir possíveis faltas em outras unidades.
Estoque Sazonal - Refere-se a quantidade determinada previamente para se antecipar a uma demanda maior que é prevista de ocorrer no futuro, fazendo com que a produção ou consumo não sejam prejudicados e tenham uma regularidade.
E-Procurement -
Processo de cotação de preços, compra e venda on-line.
ETA (Estimated Time of Arrival)
- Expressão do transporte marítimo, que significa dia da atracação (chegada) do navio no porto.
ETD (Estimated Time of Departure) - Expressão do transporte marítimo, que significa data estimada ou prevista da saída (zarpar) do navio no porto.
ETS - Expressão do transporte marítimo, que significa dia da saída (zarpar) do navio do porto.
EVA - Economic Value Added ou Valor Econômico Agregado.
EXW - Ex Works ou Na origem. Significa que o vendedor entrega as mercadorias quando ele as coloca à disposição do comprador, em sua propriedade ou outro local nomeado (isto é, estabelecimento, fábrica, armazém, etc.), não desembaraçadas pra exportação e não embarcadas em qualquer veículo coletor. O comprador deve arcar com todos os custos e riscos envolvidos em aceitar as mercadorias na propriedade do vendedor.
FAS - Free Alongside Ship ou Livre no Costado do Navio. Significa que o vendedor entrega as mercadorias, quando elas estão colocadas ao lado do navio no porto de embarque nomeado. O comprador então tem de arcar com todos os custos e riscos de perda ou dano às mercadorias a partir daquele momento. Este termo pode ser usado apenas para transporte marítimo ou hidroviário interior.
FCA - Free Carrier ou Livre no transportador. Significa que o vendedor entrega as mercadorias, desembaraçadas para exportação, ao transportador designado pelo comprador, no local nomeado. Este termo pode ser utilizado sem restrição do modo de transporte, incluindo transporte multimodal.
FCC - Charge Collect Fee (taxa para embarque - frete a pagar, cobrado pelo transportador).  
FCL - Full Container Load ou Contêiner Completo.
FCR - Forwarder Certificate of Receipt ou Certificado de Recebimento do Agente de Transportes.
FCS - Finite Capacity Schedule ou Programação de Capacidade Finita.
Feeder - Serviço marítimo de alimentação do porto hub ou de distribuição das cargas nele concentradas. O termo feeder também pode se referir a um porto secundário (alimentador ou distribuidor) em determinada rota. Cabe salientar que um porto pode ser hub para determinadas rotas de navegação e feeder para outras.
Feeder Ship - Navios de abastecimento.

FEFO - First-Expire, First-Out ou Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai. Serve para gerenciar a arrumação e expedição das mercadorias do estoque de acordo com o prazo de validade.
FIFO - First-In, First-Out ou Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai (PEPS).
FIO - Free In and Out ou isento de taxas no embarque, estiva e no desembarque. Despesas de embarque são do exportador e as de desembarque do importador. Nada de responsabilidade do Armador.
Flape - Dispositivo hipersustentador existente no bordo de fuga das asas dos aviões, próximo ao corpo da aeronave, que serve para aumentar a curvatura média do aerofólio, por meio de deslocamento do bordo de fuga para baixo. É utilizado nos pousos e decolagens, através de acionamento por alavanca. Existem 3 posições de inclinação.
Flat Rack - Tipo de container aberto, possuindo apenas paredes frontais, usado para cargas compridas ou de forma irregular as quais, de outro modo, teriam de ser transportadas soltas em navios convencionais.
FMEA - Análise do Modo de Falha e Efeito.
FOB -
Free On Board ou Preço sem Frete Incluso (posto a bordo). Denominação da cláusula de contrato segundo a qual o frete não está incluído no custo da mercadoria. Tem algumas variações de FOB. Pode ser FOB Fábrica, quando o material tem que ser retirado e FOB Cidade, quando o fornecedor coloca o material em uma transportadora escolhida pelo cliente.
Fominha - Expressão utilizada no transporte rodoviário, que significa material em superfície plana, geralmente em metal ou madeira, que serve para prolongar para cima a carroceria do caminhão, com a finalidade de aumentar a capacidade de carga.
Food Town - local que reúne vários fornecedores de um mesmo cliente em comum.
Forecasting - previsões de tempo.  
Forjar
- Termo utilizado em Produção, que significa aquecer uma peça de metal através do calor de maçarico ou brasa até ficar avermelhada, e depois utilizar uma marreta e bigorna como instrumentos, para dar a forma desejada.
Freight Forwarder ou Expedidor de Frete - Empresa ou profissional autônomo que são responsáveis por toda a operação que consiste em preparar a consolidação de cargas e seu transporte, da origem até o destino final. Esta preparação engloba todo o acerto da documentação necessária.
Freighter - Navio cargueiro.
FTS - Fold, Tale, Seal ou Dobra, Fita, Selo. É a sigla de um método de fechamento de sacaria, criado no final dos anos 80, pela Doboy na Alemanha.
Fulfillment
- atender no tempo e no prazo. É o conjunto de operações e atividades desde o recebimento de um pedido até sua entrega.
Fundição - Termo utilizado em Produção, que significa derreter metais com o calor e colocá-los em formas para a confecção de peças, que na maioria das vezes ainda passarão por outros processos até ser um produto final.
Gargalo ou Bottleneck - Instalação, função, departamento ou recurso que impede a produção, pois sua capacidade é inferior ou idêntica à demanda.
GED - Gerenciamento Eletrônico de Documentos.
Giro de estoque anual - É a quantidade total de saídas do item no ano (demanda anual), dividida pelo número de estoque médio no ano, onde o estoque médio no ano é a soma das quantidades no estoque no final de cada mês, dividido por 12 (meses no ano).
Giro de inventário
- receita operacional líquida dividida pelo saldo médio do inventário (vezes).
GIS - Geographical Information System ou Sistema de Informações Geográficas. Informações apoiadas por mapas.
GPS -
Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global. Foi desenvolvido pelas forças armadas norte-americanas e é composto por um conjunto de 24 satélites que percorrem a órbita da Terra a cada 12 horas. Esse sistema permite que através de dispositivos eletrônicos, chamados GPS Receivers (Receptores GPS), possam ser convertidos os sinais de satélites em posicionamentos, permitindo assim a localização geográfica de qualquer objeto no globo terrestre com uma precisão em torno de 10 metros.
Grade - Conjunto de trilhos e dormentes pré-reunidos.
Gráfico de Barras ou de Gantt - É um gráfico com todas as atividades sequenciais de uma operação / projeto / produção, onde para cada operação tem uma barra com o tamanho de sua duração. Foi desenvolvido por H. L. Gantt em 1917.
Gross weight - Peso bruto da carga. Inclui a carga mais a embalagem (ou invólucro).
GSM - Global System for Mobile communications ou Sistema Global para Comunicações Móveis.
Handling charge - Despesas de manuseio ou movimentação de carga.
Hinterland - É o potencial gerador de cargas do porto ou sua área de influência terrestre. O Hinterland depende, basicamente, do potencial de desenvolvimento da região em que o porto está localizado e dos custos de transporte terrestre e feeder.
Housekeeping - técnica para iniciar e manter os processos de Qualidade e Produtividade Total em uma empresa.
HTML
- Hypertext Markup Language.
Hub
- Ponto central para coletar, separar e distribuir para uma determinada área ou região específica.


                             
A - D  ,  E - H  ,   I - L  ,  M - P  ,  Q - S   ,  T - Z
                 

Esta página é parte integrante do  www.guiadelogistica.com.br ou www.guialog.com.br .